Entrada > Clipping > 2017 > Politécnico e IPO do Porto recebem 6,3 milhões de euros para economizar energia

Politécnico e IPO do Porto recebem 6,3 milhões de euros para economizar energia

in Viva!Porto Online | 14-06-2017

O investimento, de cerca de 6,3 milhões de euros, terá financiamento comunitário, e irá permitir poupar energia e reduzir as emissões de carbono em 1.600 toneladas.
Os números foram divulgados esta quarta-feira pelo Politécnico do Porto (P.Porto) e pelo IPO-Porto, durante a apresentação dos projetos financiados pelo Aviso de Eficiência Energética nos edifícios da Administração Pública Central do POSEUR - Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos.

Segundo a agência Lusa, até 2020, o P.Porto vai poupar, em duas das suas escolas, um total de 702,3 mil euros anuais, reduzindo em 158,88 toneladas as emissões de dióxido de carbono (CO2). Já o edifício principal do IPO do Porto irá ver reduzida a sua fatura anual da energia em 386 mil euros (uma descida dos 886 mil euros para os 500 mil euros) e uma restrição de mais de 1.400 toneladas de gases produtores de efeito de estufa.

O presidente do Conselho de Administração do IPO do Porto, Laranja Pontes, indicou um investimento total de 5,3 milhões de euros, comparticipados por fundos comunitários em 4,5 milhões de euros.

No caso do P. Porto, o investimento é de 984 mil euros, financiados em 713,7 mil euros pelo POSEUR.

As intervenções vão decorrer no ISCAP - Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto, situado em Matosinhos, e no ESTG - Escola Superior de Tecnologia e Gestão, em Felgueiras, na zona do Tâmega e Sousa.

Ler mais