Entrada > Notícias > Ana Sofia Costa venceu o Best Paper do MGO3S no ESTG Masters

Ana Sofia Costa venceu o Best Paper do MGO3S no ESTG Masters

Notícia

Ana Sofia Costa, estudante da ESTG, a escola de Tecnologia e Gestão do P.PORTO, foi a vencedora do prémio Best Paper do Mestrado em Gestão das Organizações do 3º Setor (MGO3S), na 10ª edição do ESTG Masters.


A estudante recebeu o prémio com o artigo: com o artigo “A divulgação de relatórios nas organizações de natureza social: transparência ou conveniência?” em coautoria com as Professoras Amélia Carvalho e Vanda Lima.

“A nossa investigação pretende criar um índice de accountability para as instituições particulares de solidariedade social e com isso ajudá-las a melhorar o seu desempenho. Em todo o mundo o tema tem merecido a atenção da academia e dado o crescimento destas organizações no nosso país e a suspeição constante de gestão danosa, parece-nos ser um tema pertinente. Estas organizações beneficiam direta e/ou indiretamente de dinheiro público, portanto têm o dever ético de ser accountables e demonstrar transparência. Como partimos de frameworks internacionais no âmbito da gestão socialmente responsável, do accountability e da gestão e envolvimento das partes interessadas, assumimos o contributo inovador da investigação. 

A forma como o mestrado está organizado, a interação e complementaridade entre as diferentes disciplinas e o trabalho colaborativo que o corpo docente tem entre si e que promove com os alunos são determinantes para o sucesso. O apoio e constante supervisão das orientadoras criam uma rede de suporte e de motivação indescritíveis. 

Agora avizinham-se 6 meses muito exigentes, onde será necessário muita disciplina, organização e foco. É um pouco assustador a quantidade de trabalho, mas conforme avançamos no processo ganhamos ânimo. 

O equilíbrio entre a vida pessoal, profissional e académica é muito difícil e exigente, só com um horário disciplinado, de rigor quase militar J, e muita entreajuda e compreensão, quer ao nível familiar quer ao nível da minha equipa de trabalho, é que consigo. A flexibilidade de horário das orientadoras também é uma grande vantagem.

Muito relevante nesta caminhada tão exigente é a fabulosa sinergia gerada entre todos aqueles que estão dedicados às investigações nas organizações do terceiro setor, por isso, sem a Rosa, a Rita, a Diana, o Vitor e o Luís nunca seria a mesma coisa...  

Saudações académicas.”

Ana Sofia Costa, estudante do Mestrado em Gestão das Organizações do 3º Setor

Autor

ampn

Partilhar