Entrada > Notícias > ESTG integra parceria estratégica Erasmus+

ESTG integra parceria estratégica Erasmus+

Notícia

A Escola Superior de Tecnologia e Gestão (ESTG) do Politécnico do Porto (P.PORTO) integra a Parceria Estratégica Erasmus+ “UNIversities for Future wORk Skills 2020”.


O objetivo desta parceria estratégica, que junta cinco instituições de ensino superior e duas empresas de consultadoria, de seis países diferentes, é o de investigar como as instituições de ensino superior estão a contribuir para o desenvolvimento das soft skills na academia, nas empresas, e nas mais diversas organizações da União Europeia, e com que resultados. Pretende-se analisar tendências de evolução e alterações do mercado de trabalho, para que num futuro próximo tenhamos os nossos recursos humanos com as competências transversais exigidas pelo mercado de trabalho.

O primeiro encontro foi em outubro de 2018 e juntou na University of Warna anad Mazury, na Polónia, 16 investigadores, entre os quais o Prof. Vitor Braga, docente na ESTG e Sub-Diretor do Centro de Inovação e Investigação em Ciências Empresariais e Sistemas de Informação (CIICESI). Vitor Braga considera que num contexto internacional é importante verificar como os estudantes se adaptam ao mercado de trabalho.

A parceria impulsiona a cooperação institucional entre as instituições europeias envolvidas e promove encontros entre estas. Previstos estão 7 encontros de trabalho nas instalações de cada uma das instituições envolvidas, reunindo-se o grupo na ESTG, em setembro de 2019.

No final deste trabalho será desenvolvido um programa de formação em soft skills, adequado às necessidades do mercado de trabalho, promovendo a empregabilidade dos estudantes.

Na sequência deste projeto, estudantes, docentes e empresas da região serão convidadas a participar na recolha de dados.

Os parceiros envolvidos no projeto são: University of Warmia and Mazury in Olsztyn (Polónia) – Coordenador do projeto; Metodo Estudios Consultores SLU (Espanha); Universidad de Vigo (Espanha); Romanian American University (Roménia); Instituto Politécnico do Porto (Portugal); Infalia Private Company (Grécia); Haute Ècole de la Province de Liège (Bélgica).

O projeto é financiado pela Comissão europeia num valor total de 258,529 mil euros e termina em fevereiro de 2021.

 

Autor

ampn

Partilhar