Entrada > Notícias > Estudantes da ESTG adotaram uma avó

Estudantes da ESTG adotaram uma avó

Notícia

As estudantes da Escola Superior de Tecnologia e Gestão (ESTG), Vanessa Gonçalves e Sara Tomás, adotaram uma utente da Santa Casa da Misericórdia de Felgueiras, através do programa "Adota Avós".


A 10 de janeiro, os professores da ESTG, José António Oliveira e Marisa Ferreira, promoviam a aula aberta do Mestrado em Gestão das Organizações do 3º Setor, com a apresentação do programa Adota Avós – Portugal. A apresentação foi feita por Diogo Tristão, embaixador do projeto, para uma plateia repleta de jovens que se interessaram pelo tema.

"Adota Avós" é um programa intergeracional com o objetivo de promover companhia para pessoas idosas através de jovens, para que os “avós” se sintam ouvidos, acompanhados e acarinhados por “netos”, com vontade de os adotar. O projeto surgiu em Espanha, onde está disseminado por várias cidades, e encontra-se em fase de expansão para Portugal.

Estas duas estudantes viram no projeto uma oportunidade de se voluntariar e tornar a vida de um idoso institucionalizado, um pouco menos solitária. As duas jovens comprometem-se, a partir de agora a visitar pelo menos uma vez por semana a utente da Santa Casa da Misericórdia de Felgueiras, levando a companhia que fará com que a idosa adotada se sinta mais confortável, acarinhada e menos só, melhorando a sua autoestima e diminuindo a sua ansiedade.

Vanessa Gonçalves é natural do concelho de Felgueiras e Sara Tomás é dos Açores, e ambas frequentam o 1º ano da Licenciatura em Ciências Empresariais. Anteriormente, estas estudantes tinham já estado envolvidas em programas de voluntariado como a angariação de bens alimentares, resgate de animais, apoio em centros de dia, entre outros.

Sara Tomás diz-se: «Curiosa por conhecer de perto as realidades que se vivem nos lares e trazer um pouquinho de alegria à idosa adotada». Já Sara diz que «tem muito a aprender com os que já viveram muitas experiências».
O programa conta já com 650 jovens voluntários, 12.000 horas de companhia, e 325 idosos adotados.

Parabéns às nossas estudantes, por terem presente esta consciência cívica!

Os interessados em integrar o projeto podem inscrever-se aqui!

Autor

ampn

Partilhar