Entrada > Notícias > Estudantes da ESTG debatem a COVID-19 em contexto empresarial

Estudantes da ESTG debatem a COVID-19 em contexto empresarial

Notícia

O V Seminário de Gestão de Negócio de PME (GNPME) decorreu no passado dia 21 de janeiro e colocou os estudantes da Escola Superior de Tecnologia e Gestão à conversa com as empresas sobre o impacto da COVID-19 no presente e as suas perspetivas futuras.


A realização do Seminário enquadra-se na unidade curricular de Inovação e Empreendedorismo do Curso Técnico Superior Profissional de Gestão e Negócio de PME e foi organizado pelos seus estudantes finalistas sob coordenação da Prof. Maria do Carmo Silva. O tema – “Como é que as empresas se adaptaram à era Covid-19 e como se veem no futuro” - não poderia ser mais atual e de enorme preocupação para todos, em especial para estes estudantes que perspetivam agora o ingresso no mercado de trabalho.

Juntaram-se cerca de 90 participantes, entre eles vários estudantes de Escolas da região – Escola Secundária de Amarante, Externato de Vila de Meã e o Colégio de São Gonçalo. Por parte das empresas foram convidados Diogo Vieira em representação da empresa “Quinta da Lixa” e José Vieira representante da Fábrica Viarco, a quem agradecemos a amabilidade na resposta afirmativa a mais um evento organizado pelos nossos estudantes. A exposição dos oradores foi breve e pragmática, apresentando as medidas que tiveram que tomar para lidarem com esta nova situação – crise sanitária – e como irão atuar neste cenário de incerteza.

O debate foi longo e as questões por parte dos estudantes aos convidados permitiram a reflexão sobre mensagens tão importantes, como a confiança que as empresas depositam nos seus colaboradores, no seu modo de atuar, em especial nesta crise sanitária, em que os próprios, são os primeiros a tomar a iniciativa de ficarem em casa, assim que identificam alguns sintomas associados à covid-19. Esta mensagem, reflete o bom clima organizacional, que se vive nestas empresas e que é fundamental para ultrapassarem situações de crise.

Ficou também a mensagem de que, mesmo vivendo momentos de tanta incerteza, nunca se pode deixar de seguir a visão definida por cada empresa e fazer as respetivas adaptações. Ou seja, pensar a longo prazo e estar sempre atento para que não se saia do “trilho” em direção ao que se acredita. Aproveitar os tempos em que somos obrigados a estar em confinamento para refletir e nos valorizar buscando incessantemente mais e mais conhecimento.

Os estudantes finalistas do CTeSP de GNPME não podiam estar mais satisfeitos com o sucesso do evento que é o culminar de um trabalho desenvolvido que lhes permitiu adquirir competências de organização, comunicacionais e de trabalho em equipa.  

Autor

ampn

Partilhar