Entrada > Notícias > Sete ideias de negócio à procura de avalista

Sete ideias de negócio à procura de avalista

Clipping

in Jornal de Notícias | 17-09-2017


Foi uma espécie de programa "Shark tank". Sete grupos de jovens empreendedores desfilaram os seus projetos de negócio no palco do Auditório Municipal de Celorico de Basto. Um júri de três elementos comentou, apontou defeitos e sugeriu alterações.
José Mota, membro do júri e diretor-geral da DOSAPAC, empresa de automação de edifícios, poderá vir a investir num dos sete projetos se considerar que tem potencial para ser desenvolvido.
Os outros membros do júri foram Alírio Costa, da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa, e o empresário e consultor Ivo Santos. Avaliaram o "At Tâmega", plataforma ligada ao turismo idiomático; o "Explico-Teu", espécie de Uber das explicações para estudantes; o Tranquilex, que pretende prestar apoio diverso a idosos; o Donate4good, que permite seguir o seu rasto de donativos até ao destino final: o Kapun, aplicação que pretende ser uma nova forma de comprar carro; o Shoes4 you, plataforma de aluguer de calçado feminino de alta gama para eventos. como casamentos; e o Errand Mii, aplicação para dispositivos móveis que facilita a entrega de compras entre utilizadores.
A iniciativa de ontem à tarde, denominada B-Box (Business-in-a- box), foi organizada pela Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa e pela empresa municipal Qualidade de Basto, com a coordenação cientifica da Escola Superior de Tecnologia e Gestão do instituto Politécnico do Porto.
O B-Box é um programa de pré-aceleração de ideias de negócio, desenvolvido no âmbito da Rede de Apoio à Atividade Económica, do Tâmega e Sousa.

Autor

ampn

Partilhar