Entrada > Notícias > Um de Nós | Filipe Oliveira

Um de Nós | Filipe Oliveira

Um de nós

Natural de Felgueiras, Filipe Oliveira trabalha no Gabinete de Apoio ao Empreendedor da ESTG, escola de Tecnologia e Gestão do P.PORTO


Formou-se em Enfermagem com mestrado na mesma área. Ao longo dos primeiros anos de vida profissional esteve envolvido na criação de uma startup o que impulsionou a mudança na sua área profissional: da saúde para a gestão. Esteve também envolvido em diversos projetos e organizações entre eles, a Mundo A Sorrir, a JumpBox, entre outras. Neste momento encontra-se a finalizar uma pós-graduação em Business Intelligence & Data Analytics.

QUANDO COMEÇOU A SUA LIGAÇÃO À ESCOLA?

A minha ligação à escola começou há cerca de dois anos, sendo que já vinha a trabalhar como parceiro da mesma há algum tempo

COMO RECORDA OS PRIMEIROS TEMPOS?

Lembro tempos de descoberta e de reflexão, queria aprender e rapidamente colocar as ideias que tinha no papel no terreno. Nos primeiros tempos percebi quase imediatamente a dinâmica da escola e o seu potencial.

O QUE TORNA O SEU TRABALHO ESPECIAL?

Acredito que ter a oportunidade de estar presente no desenvolvimento de novas ideias dos nossos estudantes e de dar um contributo ativo no desenvolvimento de soft-skills dos mesmos torna o meu trabalho bastante especial.

O QUE TORNA ESTA ESCOLA ÚNICA?

Acredito que o que torna a escola única é a proximidade que tem com a comunidade e isso realmente sente-se, a interação entre as pessoas é fácil assim como com a comunidade envolvente (municípios, empresas, entre outros).

O QUE MAIS MUDOU NESTES ANOS?

A escola tem-se tornado cada vez mais preponderante para a região, sendo que tem crescido no sentido de potencial o desenvolvimento regional da mesma.  

CONTE-NOS UM EPISÓDIO MARCANTE

Ao longo destes dois anos existiram vários episódios marcantes, mas dos que mais me marcaram aconteceram durante as B.BOX. Lembro-me perfeitamente de estar extremamente cansado após um dia de trabalho árduo e apenas ia passar pelas salas de trabalho para arrumar os materiais e às 00h30 os participantes ainda estavam a trabalhar afincadamente nos seus projetos. Foi-me impossível ir descansar e estive com eles a apoiar no desenvolvimento dos projetos, apenas por volta das 02h00 é que foram todos descansar. No dia seguinte às 09:00 estavam todos já na sala prontos para trabalhar novamente. Estes episódios fazem-nos pensar e demonstram, claramente, que existem pessoas sempre dispostas a dar o máximo de si para atingir os seus objetivos e que nós os devemos acompanhar nesta jornada.

UMA IDEIA PARA O FUTURO

Gostava que a Escola continuasse com o excelente trabalho e que se tornasse cada vez mais uma referência em termos regionais, nacionais e internacionais.


A rubrica
  Um de Nós representa um espaço de partilha de experiências, ideias, histórias, e projetos, com uma breve entrevista a estudantes, docentes e não-docentes. É nossa convicção que cada Escola guarda — nos seus bastidores, salas, corredores e gabinetes — muitos rostos e talentos.  Queremos ser a voz de cada um de nós porque as grandes histórias por vezes estão mais próximas do que imaginamos

Autor

ampn

Partilhar